Do You Love Me Now?

Por motivos diversos, nos últimos dias estive pensando muito sobre esse negócio de Amor, esse amor específico compartilhado entre pessoas que se importam e se interessam física e espiritualmente.

(Imaginando situações, relembrando algumas e vivendo outras tantas…)

Fazendo um resumo geral do que tenho sido nestes 27 anos-quase-28 de vida, talvez a mudança drástica de percepção sobre tudo o que envolve este sentimento entre duas pessoas seja o ponto, o marco, que me diferencia completamente da pessoa que fui algum tempo atrás.

Eu continuo achando Deus apenas uma possibilidade, continuo pensando que fazer o bem (eca!), não importa o que isso signifique pra você, é sempre a melhor escolha e que orgulho é um sentimento digno de pena, entre tantas outras coisas. Quanto ao amor, ah, quanta diferença!

Calma, eu não vou fazer um tratado do que eu penso atualmente a respeito. Vim aqui só pra dizer que, sem alarde (ah, como a vida é boa sem alarde!), tudo está exatamente como deveria. E pra dizer também que a música sobre amor que mais gosto no universo é essa:

Anúncios

Sobre Paulo Henrique Moraes

sempre entre a palavra e a música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: