Avante

O título é foda. Os arranjos são outro nível. As composições, jesus… e as letras, veja só, eu, que sou do time ‘poesia é poesia, letra de música é letra de música, coisas infinitamente distintas’, fui pego de jeito pela poesia do Siba transformada em música. O grande  mérito do álbum, vá lá, um dos grandes méritos do álbum, é fazer parecer tudo natural – desde a simplicidade sofisticada dos arranjos, das texturas instrumentais, aos versos metrificados e incomuns cantados pelo pernambucano. Esse disco é raríssimo, pra sempre.